Escoliose Idiopática

Do que se trata?

A escoliose pode ser definida como qualquer desvio da coluna vertebral maior que 10° no plano coronal . A escoliose idiopática representa 80% dos casos.

Considerar a deformidade tridimensional com hipocifose no plano sagital, rotação vertebral no plano axial e desvio da minha média no plano coronal.

Escoliose

Etiologia
Fatores Extrínsecos
  • Assimetria direita/ esquerda
  • Sistema Nervoso
  • Costelas
  • Músculos Para-vertebrais
  • Osteoporose
  • Melatonina
  • Plaquetas
Escoliose
Efeito Hueter-Volkmann
Escoliose

Efeito Hueter-Volkmann (Supressão do crescimento no lado concavo da curva)

Remodelagem com assimetria de pedículos, laminas, facetas, processos espinhosos e transversos


Escoliose Idiopática Adolescente

Tem prevalência de 2% a 3% para curvas de até 10°, 0,3% a 0.5% 20° e 0.1% 40°;

São 4 meninas: 1 menino;

Hereditariedade 11% em primeiro grau (EUA).


Tratamento Clínico
Tipo de órteses: Boston
  • Curvas tóraco-lombares e lombares
  • Expansão torácica é limitada
  • Mais discretos/aceitação
  • Não retifica a cifose torácica
  • Não faz tração longitudinal
Escoliose

SBOT
 
Escoliose

Tratamento Cirúrgico
 
Escoliose

 

Procure seu especialista em coluna para avaliar o caso e conduzir o melhor tratamento possível para o reestabelecimento da sua saúde
www.coluna.com.br

Dr. Everton Fiebig

Ortopedia e Cirurgia da Coluna

Voltar ao topo