Síndrome do Túnel do Carpo

Do que se trata?

É o conjunto de sinais e sintomas (dor, dormência, formigamento, falta de força) causados pela compressão do Nervo Mediano no punho.


Princiapais Causas da Síndrome do Túnel do Carpo

Não existe um fator único causador da Síndrome do Túnel do Carpo (STC), dividimos estas situações em fatores que aumentam o volume das estruturas no interior do túnel ou que diminuem o tamanho do túnel.

Ocorre principalmente em mulheres, após a menopausa, pos alterações hormonais . A doença pode também ser causada por patologias como artrite reumatóide, diabetes, fratura do punho mal-consolidada, hipotireoidismo, tumores no interior do túnel e condições fisiológicas, como a gravidez.

O uso abusivo do punho e mão em atividades que requeiram força pode aumentar os sintomas da STC, porém não está provado que possa causá-los.

Síndrome do Túnel do Carpo
Tratamento Clínico

Indicado para os pacientes que apresentam dor moderada, apenas em determinadas atividades, como dirigir ou falar telefone, não tendo perda da sensibilidade nas pontas dos dedos ou atrofia muscular.

O tratamento conservador é realizado com o uso de talas removíveis pré-moldadas que mantém o punho em leve extensão, além do uso de medicamentos antiinflamatórios. Esses podem ser em comprimidos ou, dependendo do estágio da doença, com infiltração local do medicamento dentro do túnel. Em pacientes gestantes, o tratamento sem cirurgia deve ser realizado o máximo de tempo possível, isso porque os sintomas geralmente se resolvem espontaneamente após o parto.

Tratamento Cirúrgico
Síndrome do Túnel do Carpo

Em pacientes nos quais os sintomas já ocorrem durante o dia inteiro, quando há fraqueza muscular ou quando o tratamento com medicamentos não apresentou melhora, é indicado o tratamento cirúrgico.

Os pacientes idosos têm uma indicação maior de tratamento cirúrgico que os jovens. Para eles, apenas uma leve atrofia da Musculatura Tenar é uma forte indicação para tratamento cirúrgico. Isso ocorre porque pacientes idosos têm uma pobre recuperação da força após a atrofia já estar estabelecida.

 

Procure seu especialista em coluna para avaliar o caso e conduzir o melhor tratamento possível para o reestabelecimento da sua saúde
www.sbot.org.br

Dr. Everton Fiebig

Ortopedia e Cirurgia da Coluna

Voltar ao topo